Ex-prefeito de Mata Grande- AL, Jacob Brandão acusado de desvio milionário está preso

Ex-prefeito de Mata Grande- AL, Jacob Brandão acusado de desvio milionário está preso

Em 21/08/2018 às 11:00:52

O ex-prefeito de Mata Grande José Jacob Gomes Brandão está preso desde sexta-feira (17). Ele é acusado de integrar uma organização criminosa envolvida em desvio de recursos públicos, fraudes em licitações, corrupção e falsidade ideológica.

A informação da prisão dele foi confirmada pela Secretaria de Estado da Ressocialização e Inclusão Social (Seris). O ex-prefeito está recluso no Presídio Cyridião Durval e Silva, em Maceió.

O G1 tentou contato com a Polícia Civil para saber se a prisão foi resultado de alguma operação ou se ele se apresentou espotaneamente, mas não conseguiu. A reportagem também não conseguiu contato com a defesa do ex-prefeito.

Jacob Brandão era considerado foragido desde abril, quando a Operação Ánomos prendeu 10 pessoas suspeitas de partipação no mesmo esquema, que desviou mais de R$ 12 milhões dos cofres da prefeitura de Mata Grande usando empresas fantasmas para locação de veículos.

As investigações apontam que o desfalque nos cofres da prefeitura, em dois anos, foi o equivalente a R$ 6 milhões, o que daria para efetuar a compra de pelo menos 130 veículos.

Supostos empresários celebravam contratos fictícios com a prefeitura para a prestação de serviços de locação de veículos com o intuito de desviar recursos públicos.

As empresas concorriam nas licitações, venciam, e depois sublocavam toda a frota exigida pela prefeitura a pessoas físicas, geralmente parentes e correligionários do prefeito. Nos contratos, ficava um percentual de 40% para o pagamento de quem sublocava os veículos e 60% eram divididos entre o prefeito, o dono da empresa e possíveis atravessadores.

Autor: G1-AL

Comentários