Prefeito de Inajá reduz 20 % do próprio salario para conseguir pagar funcionários

Prefeito de Inajá reduz 20 % do próprio salario para conseguir pagar funcionários

Em 11/11/2017 às 16:23:42

A crise financeira está apertando os calos cada vez mais dos municípios brasileiros, e tudo o que se ver é demissão e corte salarial de funcionários nas prefeituras. Muitas delas alegam que não vai dar para pagar nem mesmo o 13º salários aos seus funcionários. Isso falando em relação em Pernambuco. 

Com a redução de valores no Fundo de Participação dos Municípios (FPM), a cada dia que passa a situação vai ficando caótica e sem controle por parte dos gestores, que buscam a melhoria para seus municípios mas a falta de verba os impedem de realizar seus trabalhos e até mesmo pagamentos. 

Em Inajá no sertão Pernambuco, o prefeito Adilson Timóteo (PR) teve que reduzir seu próprio salario, incluído ainda o da vice-prefeita e secretários em 20%, já dos cargos comissionados teve uma redução de 50% nas gratificações, para conseguir pagar o quadro de funcionários. Em entrevista na manhã deste sábado (11) na radio Inajá FM, o prefeito falou que além da crise financeira que vem sofrendo, recebeu o  município com débitos da antiga gestão, entre elas, pagamento de funcionários que ficou pendente do mês de dezembro de 2016, onde teve que parcelar em dez vezes, somando um montante de R$ 120.000,00, conta de luz com a CELPE que soma os R$ 800.000,00 de débitos dos anos 2015 e 2016, pagamento de consignados do Banco do Brasil que a prefeitura não realizou o repasse, somando os R$ 250.000,00. O prefeito também falou em entrevista que só de INSS é R$ 50.000,00. Como foi recuperado vários veículos que foram sucateados e teve que gastar mais de R$ 100.000,00 com novas peças.  


Autor: Robson Cordeiro

Comentários