Sport emperra no Brasil e fica no 0x0 em dia de chuva

Sport emperra no Brasil e fica no 0x0 em dia de chuva

Em 23/07/2019 às 07:05:08

Um empate amargo. Ou melhor dizendo, aguado. Com um gramado castigado pelas fortes chuvas, o Sport não conseguiu superar o Brasil de Pelotas nesta segunda-feira (22), na Ilha do Retiro, e ficou no 0x0 com o time gaúcho. Com o resultado, o Leão até subiu da oitava para a quinta posição, com 18 pontos conquistados, mesmo número do quarto colocado, o Atlético/GO. Porém, os pernambucanos devem perder posições no decorrer da rodada e poderiam até mesmo ter assumido a vice-liderança do Campeonato Brasileiro da Série B. 

Dentro de campo, a bola até rolou de forma satisfatória, com a drenagem do gramado da Ilha do Retiro funcionando bem. Apenas algumas poucas poças no campo para grande quantidade de chuva que caiu na região metropolitana durante todo o dia de ontem. Justamente por conta desse gramado mais pesado, o treinador Guto Ferreira surpreendeu na escalação, acionando Juninho e Elton nos lugares de Ezequiel e Hernane Brocador.

Essas mudanças não funcionaram de forma efetiva, com Juninho muito abaixo do esperado. Além disso, com uma marcação fraca dos rubro-negros, os gaúchos conseguiam jogar com frequência no campo de ataque.

Apesar disso, quem criou as melhores chances foi o time do Sport. A primeira delas veio aos 28 minutos, após uma tabela entre Juninho e Hyuri, com Juninho batendo da altura da marca do pênalti para a grande defesa de Carlos Eduardo. Aos 34, nova intervenção do arqueiro xavante. Após cruzamento de Guilherme, Yago cabeceou e Carlos Eduardo fez linda defesa.

Na segunda etapa, o Sport adotou uma postura diferente, partindo pra cima desde o começo. Para dar mais mobilidade, Guto Ferreira sacou Juninho e voltou com Ezequiel. Na primeira chance, logo aos dois minutos, Yago desviou no primeiro pau de cabeça e Elton chegou atrasado.

Como nem tudo é perfeito, foi a vez de Carlos Eduardo falhar. Aos 13 minutos, o goleiro saiu errado e Yan perdeu grande chance, com Elton ainda perdendo em seguida uma nova oportunidade. Martelando, mas sem conseguir fazer o gol, o Sport chegou perto novamente aos 26 minutos, com Yan parando duas vezes seguidas no goleiro xavante, fazendo um verdadeiro milagre.

Sem alternativa, o treinador Guto Ferreira foi para o “tudo ou nada”, sacando o volante Yago e acionando o atacante Hernane Brocador. A mudança fez o Leão espremer ainda mais o adversário, mas pecando bastante nas finalizações. No final, o empate foi bastante comemorado pelos gaúchos. Clima de decepção para os rubro-negros.

Ficha do jogo

Sport 0
Maílson; Norberto, Adryelson, Rafael Thyere e Guilherme Lazaroni; Charles, Yago e Guilherme; Hyuri (Yan), Juninho (Ezequiel) e Elton. Treinador: Guto Ferreira.

Brasil de Pelotas 0
Carlos Eduardo; Ricardo Luz, Bruno Aguiar, Leandro Camilo e Ednei; Sousa, Carlos Jatobá e Diogo Oliveira (Washington); Rafael Grampola (Daniel Cruz), Bruno Paulo e Branquinho (Cristian). Treinador: Bolívar.

Local: Ilha do Retiro (em Recife). Arbitragem: Douglas Marques das Flores (SP). Assistentes: Daniel Luis Marques e Daniel Paulo Ziolli (ambos de SP). Cartões amarelos: Ricardo Luz e Bruno Paulo (Brasil). Público: 9.362. Renda: R$ 120.461,00.

Autor: Folha PE

Comentários