Time da Faveira derrota a equipe do Alto do Jorro por 3 a 0 e conquista o Campeonato Injaense de futebol 2017

Time da Faveira derrota a equipe do Alto do Jorro por 3 a 0 e conquista o Campeonato Injaense de futebol 2017

Em 19/11/2017 às 22:48:58

O campeonato inajasende de futebol teve fim na tarde de hoje, que contou com um grande jogo entre as equipes Faveira e Alto do Jorro, que disputaram ate o ultimo minuto de jogo para conquistar a taça. Após fazerem um boa campanha durante todo o campeonato, as equipes mostram-se desde do inicio que o jogo não iria ser fácil para nem um lado. 

Antes da partida ter seu inicio, os jogadores fizeram um minuto de silencio em homenagem ao jogar do timo do Aldo do Jorro, que faleceu em um acidente de moto.  




Mas quem se deu bem mesmo foi a equipe da Faveira, que na metade do primeiro tempo abriu o placar após um cruzamento na área e o goleiro do Alto do Jorro saiu a procura de borboletas e só viu a bola no fundo do gol. Como gol tomado a Faveira foi se encontrando em campo e administrando o placar. O Alto do Jorro lutava mais não conseguia chegar ao gol, com isso o tempo foi passando e mostrando que o dia não seria para os guerreiros do Alto. 

Para resumir mais essa historia, o placar final do jogo foi um verdadeiro chocolate que a Faveira derramou em cima do seu adversário, 3 a 0 placar final, e com isso a Faveira foi Campeã do campeonato Inajaense de Futebol 2017. 

Mas para não passar em branco, a disputa do 3º e 4º lugar, foi um jogo de muitos gols, Veteranos e Caraibeiro, poderia ser um ótimo jogo, mas com um time meia boca, os Veteranos teve que abrir a embalagem do chocolate e levaram de 5 a 0 do Caraibeiro, restando assim apenas o quarto lugar e cinco bombons da cacau show para os veteranos. 

O prefeito de Inajá Adilson Timóteo, juntamente com o ex-prefeito do Município Airon Timóteo e o Diretor de Esportes, Danilo Alencar que entregaram as premiações aos jogadores de disputaram do primeiro ao quarto lugar. A Realização desse campeonato foi da prefeitura Municipal de Inajá.    


Autor: Robson Cordeiro

Comentários